segunda-feira, 26 de abril de 2021

CASO MENINO HENRY - MONIQUE ACUSA JAIRINHO - EM CARTA, MÃE PEDE PARA DAR NOVO DEPOIMENTO E DIZ QUE ERA AGREDIDA E MANIPULADA.


MATÉRIA APRESENTADA ONTEM NO FANTÁSTICO DA TV GLOBO, E PUBLICADA HOJE NO PORTAL G1, TRAZ NOVOS FATOS E NOVA VERSÃO PARA TUDO O QUE ACONTECEU ATÉ O DIA DA MORTE DO MENINO E, PARA O COMPORTAMENTO DO PADASTRO, DA MÃE, DOS FAMILIARES E DEMAIS TESTEMUNHAS.

EM CARTA, A MÃE DE HENRY SE DIZ INOCENTE, ACUSA JAIRINHO DE AGRESSÃO E AMEAÇAS, INCLUSIVE DE TER SIDO DOPADA NO DIA DO CRIME. 

LEIA AQUI A ÍNTEGRA DA MATÉRIA

quarta-feira, 10 de junho de 2020

PRESO SARGENTO BOMBEIRO - SUEL DAS ARMAS NO MAR - CASO MARIELLE/ANDERSON


UMA OPERAÇÃO CONJUNTA DA POLÍCIA CIVIL / DELEGACIA DE HOMICÍDIOS E O MINISTÉRIO PÚBLICO / GAECO, PRENDEU AGORA PELA MANHÃ O SARGENTO DO CORPO DE BOMBEIROS MAXWELL CORRÊA.


Conhecido como SUEL, o sargento tem seu nome ligado ao caso do assassinato de MARIELLE E ANDERSON, EXECUTADOS numa emboscada no  centro da cidade do RIO DE JANEIRO, HÁ DOIS ANOS E TRÊS MESES.

Segundo as investigações, SUEL ajudou a esconder ARMAS que pertenciam a RONNIE LESSA um dos acusados de ter participado da AÇÃO CRIMINOSA DE EXECUÇÃO.

Os investigadores acreditam ter REUNIDO provas ROBUSTAS para imputar e incriminar SUEL no mínimo pelo CRIME de obstrução de Justiça.

SUEL foi preso em CASA no RECREIO DOS BANDEIRANTES, Zona Oeste do Rio de Janeiro. O BOMBEIRO reside numa CASA DE LUXO, em condomínio onde os imóveis giram em torno de R$ 1,5 MILHÃO DE VALOR DE MERCADO. Uma BMW de 2014 no valor de  R$ 170 MIL também foi encontrada.

SUEL foi levado para a DELEGACIA DE HOMICÍDIOS da BARRA onde prestará os primeiros esclarecimentos.

sábado, 25 de maio de 2019

BETO BOMBA É PRESO PELA DRACO - CRIME DE MILÍCIA EM RIO DAS PEDRAS




A Polícia Civil, através da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco), em conjunto com o Ministério Público e outras Delegacias, vinha fechando o cerco ao MILICIANO Jorge A. Moreth. 


Acuado e sem ter mais opções de se manter foragido ele se entregou na noite de sexta-feira.


Ex-presidente da Associação de Moradores de Rio das Pedras, BETO BOMBA como é conhecido, é apontado como um dos líderes da milícia que comanda a região na ZONA OESTE do Rio de Janeiro.

Com base em matéria do Jornal Extra

OPINIÃO
Sofre a MILÍCIA mais um duro golpe, porém, sua atividade criminosa já bastante disseminada e enraizada permanece infernizando a vida dos cidadãos, obrigados ao pagamento de TAXAS e submetidos a todo tipo de HUMILHAÇÃO e COAÇÃO, nas localidades dominadas por milicianos.